| Ask II



Confira abaixo a regulamentação para as características de acessibilidade em elevadores:

A NBR 9050/2004 enumera algumas características que os elevadores devem possuir, no entanto, afirma que o elevador vertical deve atender integralmente o disposto na NBR 13994/2000 quanto à sinalização, dimensionamento e características gerais.

De Acordo com a NBR 13994/2000, o acesso de pessoas com deficiência a elevadores deve ser garantido, ou seja, é obrigatório que o edifício esteja pronto a receber pessoas portadoras de necessidades especiais nos locais que conduzem aos elevadores, e que os mesmos atendam aos requisitos das normas técnicas (entrada, rampas, áreas de giro, largura de porta e outros).

Além disso, as adaptações devem ser precisas, claras e apropriadas para os elevadores, contendo símbolos, alertas sonoros e pictogramas grandes, cobrindo a diversidade de deficiências e facilitar o acesso para as pessoas com essas necessidades.

Para essa finalidade, adotamos plataformas hidráulicas que atendem a NBR 15655-1, que normatiza as plataformas motorizadas para pessoas com mobilidade reduzida.

Características

  • Uso residencial ou comercial;
  • Tipos: enclausurada e não enclausurada;
  • Cabina aberta ou fechada;
  • Pistão e central hidráulica GMV;
  • Acabamento em aço inóx escovado ou outros;
  • Freio de segurança instantâneo acoplado;
  • Comando de acionamento eletrônico;
  • Sistema de segurança com travamento das portas durante o percurso;
  • Barreira infravermelha de proteção;
  • Sensores detectam objetos abaixo da plataforma, travando o seu
    movimento a um simples contato;
  • Consumo de energia elétrica somente na direção de subida;
  • Piso anti-derrapante;
  • Botão de pressão para “Parada de emergência”;
  • Direção comandada por botões de pressão ou chave de acionamento
    tipo joystick;
  • Capacidade de 250 kg;
  • Velocidade de 10 m/min.
  • Bookmark the permalink.

    Comments are closed.